CAMPEONATO BRASILEIRO
CAMPEONATO DO NORDESTE
CAMPEONATO CEARENSE
COPA DO BRASIL
COPA SÃO PAULO JR
OUTRAS MATÉRIAS

domingo, 11 de junho de 2017


domingo, 11 de junho de 2017

Vozão vence num jogo de reviravoltas



Em um um jogo cheio de reviravoltas nos 90 minutos, o Ceará confirmou uma vitória sobre o Brasil de Pelotas que parecia fácil em suas mãos. Depois de abrir 2 a 0, o Vozão cedeu o empate ao Xavante, mas buscou os três pontos nos minutos finais e garantiu o resultado com um 3 a 2. Rafael Pereira, Arthur e Rafael Carioca marcaram para os cearenses, enquanto Lincom, duas vezes, fez os dois gols xavantes. Arthur, inclusive, chorou e se emocionou após o gol por ser o substituto de Magno Alves, opção no banco.

Na sétima rodada da Série B, o Vozão enfrenta o Santa Cruz, no Castelão, na terça, às 21h30. Já o Xavante volta a atuar contra o Luverdense, na Arena Pantanal, no mesmo dia e horário. Com a vitória, os alvinegros chegaram aos 10 pontos e ficam na boca do G-4, em sexto. Já o Brasil, com oito pontos, é 11º.

Os primeiros minutos de jogo foram enganosos. Deram a impressão de um jogo empolgante, com chances de gol e qualidade técnica. Porque logo aos cinco minutos Rafael Pereira ganhou da marcação e desviou cobrança de escanteio para o gol, após cruzamento de Felipe Menezes. A bola ainda passou sob os pés de Wender ao lado da área.

A partir de então, o relógio parecia em câmera lenta. O jogo transcorreu com muitos erros de passe e sem grandes chances de perigo. O Ceará controlou a partida e sofreu pouco na defesa. Apenas em uma oportunidade, Rafinha desviou cruzamento de Bruno Lopes, para defesa tranquila de Éverson. A bola aérea, grande força xavante, não entrou. E o meia Wagner, responável por ser o centro técnico, não apareceu.

O Ceará, por outro lado, não precisou se expor muito. Buscava um contra-ataque, mas não conseguiu o encaixe para levar perigo a Martini. Ainda viu o zagueiro Luiz Otávio precisar ser substituído por dores na virilha.

No retorno do intervalo, o parâmetro da partida pouco se modificou. Em um erro na saída de bola do Brasil, Arthur ampliou para o Ceará. Recebeu dentro da área de Cametá e bateu cruzado forte, sem chance para Martini, quando o jogo batia em 15 minutos da etapa final. Ali, encaminhava uma vitória que parecia justíssima para o Vozão.

Mas o gol acordou os rubro-negros. Depois, Éverson precisou fazer três boas defesas, duas em lances de Wagner e uma em cabeçada do camisa 9 Lincom. A pressão xavante deu resultado quando o centroavante, estreante como titular, recebeu passe de Marlon e desviou na saída do goleiro rival aos 28 minutos.

Sem conseguir sair da defesa, o Ceará se viu encurralado. Sete minutos depois, em cobrança de falta, Éverson fez grande intervenção, após cabeçada de Evaldo, mas Lincom, no rebote, honrou a função e novamente parecia dar números finais ao jogo.

Parecia. Em nova reviravolta, Rafael Carioca quando o relógio já batia nos 44 minutos, arriscou de muito longe e surpreendeu Eduardo Martini. Em uma eficiência difícil de ser vista, o Ceará fechou uma vitória que esteve na mão, esteve distante, mas enfim foi confirmada.

http://globoesporte.globo.com/rs/futebol/brasileirao-serie-b/noticia/em-jogo-de-reviravoltas-e-emocao-ceara-bate-brasil-rs-no-fim-e-cola-no-g-4-da-serie-b.ghtml

ÁREA PUBLICITÁRIA

Copyright © Time mais querido™ is a registered trademark.

Designed by Templateism. Hosted on Blogger Platform.